Resenha – Quatro – Histórias da Série Divergente (Veronica Roth)

Capa_QuatroLivro: Quatro – Histórias da Série Divergente
Autor: Veronica Roth
Editora: Rocco – Jovens Leitores
Páginas: 271
Estrelas: 5/5

Sinopse:

“Reunindo quatro histórias da série Divergente contadas da perspectiva do personagem Tobias, e três cenas exclusivas, Quatro Histórias da série Divergente oferece aos fãs da saga criada por Veronica Roth a chance de conhecer melhor a personalidade de um personagem fascinante e complexo e a chance de mergulhar mais fundo na sociedade dividida em facções criada pela autora. Com mais de 21 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, a série Divergente chegou aos cinemas com Shailene Woodley e Theo James nos papéis principais.”

Opinião:

Sou completamente apaixonada pela serie Divergente, cada um dos 3 livros tiveram seu momento especial no meu coração ♥, entretanto não sou muito adepta em comprar livros com histórias complementares de series, mas resolvi arriscar e gostei bastante, analisar de outro anglo momentos que você já sabia ou imaginava é muito legal.

O Quatro é um dos meus personagens favoritos da trilogia, a personalidade dele, o sofrimento que ele passou e apesar disso o modo carinhoso e protetor com que cuidava da Tris eram momentos dignos de um livro de romance moderno.

Mas, me pareceu que na verdade ele não era tão durão quanto parecia, e sim a Tris nos mostrava isso, pois com um livro todo narrado por ele, me fez perceber que ele é muito mais vulnerável e indeciso do que eu pude notar nos 3 livros.

Perceber que os poucos momentos de briga e ignorância com qual ele tratava as pessoas, eram apenas para manter as aparências, distanciar totalmente aquele garoto gentil da Abnegação, o que nunca ficou claro para mim até então, e isso foi muito legal, porque muitas vezes somos diferentes do que as pessoas nos veem, e isso ficou nítido nesse livro.

Os sem-facção ficaram bem vagos pra mim, não existia uma explicação muito coerente sobre como surgiu ou como se organizaram, as informações apenas foram jogadas no livro e você tinha a opção de aceitar ou aceitar, já em Quatro mesmo que breve será possível associar diversos fatos soltos sobre esse assunto, você fará conexões breves, mas de suma importância para que a história se torne sem pontas soltas.

Bom, não quero dar spoiler sobre o livro então paro por aqui, mas para quem gostou da trilogia, acredito que é essencial a leitura de “Quatro”, que na minha opinião não são apenas histórias da serie divergente,  o livro é rico em informações, deveria ser parte da serie e não complemento.

Sobre a Edição:

A edição do livro é bonita, uma capa simples, mas bem trabalhada. Gosto bastante da diagramação, mesmo não sendo a melhor de todas, o selo Jovens Leitores da Rocco, normalmente possui um padrão de livro, possuem mais ou menos o mesmo tamanho, diagramação muito parecida, papel também muito bom e muito semelhante nas edições do selo.

É uma edição muito satisfatória, gosto bastante.

Anúncios

10 comentários sobre “Resenha – Quatro – Histórias da Série Divergente (Veronica Roth)

  1. Eu ainda não li a série Divergente. Eu tenho todos eles em inglês, pois queria com capa dura, e elas são muito bonitas, pois tem a lombada em letras brilhantes *-*. Por outro lado eu nunca entendi pq a autora tinha escrito Quatro, mas com sua resenha, isso ficou muito claro pra mim. É legal ver as coisas por outra perspectiva. Sua análise também dizendo que as pessoas nos vêem de forma diferente do que realmente somos, de fato me tocou, pois é muito verdadeiro isso, as vezes por mais que tentemos mostrar quem somos, não tem o mesmo efeito em quem nos vê. Muito legal sua análise.

    Te convido mais uma vez a conhecer meu blog, e se gostar curta a página do Facebook. Agora eu estou com um Canal no You Tube e só entrando no blog vc vai poder ver.

    http://meninadeparis.com

    Beijos

    Dayana

    Curtido por 1 pessoa

  2. Engraçado que não li a série Divergente, e até agora não senti vontade, mas quando Quatro foi lançado comprei no ato e simplesmente amei. Ao assistir o filme tive essa mesma impressão de que ele não era exatamente como se mostrava e que tinha um papel muito maior do que se dava a entender. Gostei muito!!!! Bjos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s